Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010
Um milhão de portugueses está mal hidratado

 

"Que a água é essencial à vida já todos sabemos. No entanto, segundo Ronald Maughan, presidente do Comité Científico do recém-criado Instituo Europeu de Hidratação (EHI, nas siglas em inglês), “muitas pessoas estão mal hidratadas e não entendem que o corpo necessita de água”.

Aliás, em Portugal, um estudo de Março do ano passado do Instituto Português de Hidratação demonstra que, além de um milhão de portugueses estar mal hidratado, 20 por cento da população afirmam não gostar sequer de beber água.

“A desidratação reduz a tensão, diminui a memória de curto prazo e enfraquece as funções fisiológicas. Se ficarmos muito tempo sem beber água morremos”, alerta Ronal Maughan. O especialista em hidratação e editor de várias revistas científicas dedicadas à nutrição e ao desporto explica ao Ciência Hoje que o grande desafio do instituto é “sensibilizar para a importância da hidratação na saúde”.

Porém, isto não é assim tão simples. Como Maughan exemplifica, não basta dizer: “Bebam água suficiente” e nem sequer existe um número mágico de litros recomendados por dia para cada pessoa. O especialista fala apenas numa média de 2,5 litros para os homens e dois para as mulheres, mas tudo depende de outras variáveis.

Os dados mostram que muitas pessoas estão mal hidratadas mas isto não quer dizer que beber água em excesso possa ser solução. “Há pessoas que não bebem o suficiente e outras que bebem demais. Algumas pessoas morrem por beber água em excesso, é invulgar mas acontece”, afirma o presidente do Comité Científico do EHI e professor na Universidade de Loughborough, em Inglaterra.

"Água não é tudo"

Além disto, a água não é tudo. Existem outras formas de hidratar o organismo. “Podemos beber café, chá, sumos, refrigerantes e cerveja. A comida é muito importante. Os vegetais e frutas também contêm um grande teor de água”, aclara o especialista. (ver caixa no fim do texto)

O estilo de vida, a actividade física e o ambiente em que a pessoa vive são fundamentais para perceber a quantidade de água necessária para se viver de modo saudável. Fazer exames médicos pode ser uma solução, mas Maughan explica que controlar as idas à casa de banho e observar a cor da urina é o melhor modo para se saber se se está bem hidratado.

O desafio é conseguir passar a mensagem correcta para todos os estilos de vida e de clima. Para tal, o instituto vai identificar os investigadores que estão a fazer estudos nesta área com o objectivo de perceber as falhas de conhecimento e colmatá-las com a colaboração de vários cientistas."
Quantidade de água nas bebidas e alimentos
  • Água, chá, café, bebidas desportivas, refrescos, sumos de vegetais – 90% a 100%
  • Leite, sumos de fruta, sumos – 85% a 90%
  • Cerveja e vinhos – 85% a 95%
  • Bebidas destiladas – 60% a 70%
  • Sopas – 80% a 95%
  • Morangos, melão, uvas, pêssegos, pepino, pêra, laranja, maça, alface, aipo, tomate, abóbora, brócolos, cebola, cenoura – 80% a 90%
  • Batatas, bananas, milho – 70% a 80%
  • Leite fresco - 87% a 90%
  • Iogurte – 75% a 85%
  • Gelados – 60% a 65%
  • Queijo – 40% a 60%
  • Arroz – 65% a 70%
  • Massa – 75% a 85%
  • Pão, bolachas – 30% a 40%
  • Peixe e marisco – 65% a 80%
  • Ovos – 65% a 75%
  • Carne bovina, frango, carneiro, porco, vitela – 40% a 65%
  • Carne curada, bacon – 15% a 40%
publicado por Cátia Pontes às 15:54
link do post | comentar | favorito
|
.: Cátia Pontes
.: despensa

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

.: alimentarte aconselha
subscrever feeds