Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011
Alimento da semana - UVA

O segredo da uva é simples e poderoso. Os fitoquímicos presentes nesta fruta têm importantes propriedades antioxidantes, principalmente a quercetina, um dos principais componentes anti-envelhecimento.

A casca contém resveratrol, que comprovadamente beneficia o coração, reduzindo o risco de coágulos de sangue, reduzindo o colesterol LDL, ou “mau” colesterol, prevenindo danos nos vasos sanguíneos e ainda ajuda a manter uma pressão sanguínea saudável.

É indicada para crianças e adolescentes, cujas necessidades energéticas são elevadas. E ainda, para desportistas que têm uma actividade muscular importante. Apesar do seu teor em vitamina C ser baixo face ao dos outros frutos, a sua acção vitamínica beneficia o sistema nervoso e muscular. Além disso, como não contêm sódio, as uvas podem auxiliar na redução do risco de hipertensão.

Em minerais destacam-se o potássio e ferro. Por esta razão o sumo de uva é aconselhado no tratamento da anemia.

Pelos inúmeros fermentos que contém, a uva favorece a mudança da flora bacteriana do intestino, sendo indicada para perturbações grastrointestinais.

O elevado conteúdo em açúcares, principalmente frutose e glicose, é responsável pelo facto da uva ser um dos frutos com valor energético mais elevado (77Kcal/100g de alimento). Desta forma, o consumo de uva deve ser moderado em pessoas com diabetes e/ou excesso de peso. As passas têm mais açúcar e calorias do que o bago e são ricas em fibra, potássio, magnésio e ferro.
O consumo de uva pode ainda ser prejudicial a pessoas que padeçam de cálculos renais porque tem quantidades elevadas de ácido oxálico, que se pode ligar a minerais, como o cálcio, e agravar a formação dos cálculos.

 

Na hora de comprar: manipule os cachos com cuidado. Estes devem ser doces e firmes. Rejeite os cachos com uvas moles ou manchadas. O pedúnculo deve estar verde. Se o bago estiver mirrado é sinal de que a uva já não é completamente fresca.

 

Dicas de conservação:

À temperatura ambiente: num local fresco, até 2 dias;

No frigorífico: com filme plástico ou num recipiente fechado para não perder água, até 7 dias;

Não congelar.

 

Receita: Peixe com molho de uvas

 

Ingredientes para 2 pessoas:

  • 2 filetes de pescada
  • ½ colher de chá de sal
  • ½ colher de chá de pimenta branca
  • ½ xícara de chá de água
  • 2 cachos de uvas pretas
  • qb de azeite

Preparação:

Bata no liquidificador os cachos de uva, o sal e a pimenta. Coe o sumo e acrescente água, transfira o sumo para uma panela e deixe cozinhar em lume brando até que o molho comece a engrossar (cerca de 40-50 minutos).

Enquanto isso, asse em forno alto o peixe temperado com sal, pimenta e azeite.

Quando o peixe estiver pronto, disponha os filetes em pratos individuais e coloque o molho por cima.

publicado por Cátia Pontes às 16:53
link do post | comentar | favorito
|
.: Cátia Pontes
.: despensa

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

.: alimentarte aconselha
subscrever feeds