Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010
O nosso prato está cheio de resíduos químicos

Uma análise realizada em França, pela Associação Geração Futura, revela que os menus tipos – com a recomendação do Ministério da Saúde –, para as crianças de dez anos, têm mais de 80 substâncias químicas potencialmente cancerígenas, apesar de cumprirem os critérios.

O estudo recaiu em diferentes supermercados de Paris e em produtos não biológicos, geralmente consumidos diariamente por crianças. Três referentes a refeições-tipo e uma a alimentos que compõem o lanche da tarde – incluíam cinco frutos e legumes frescos, três produtos lácteos, água e algumas guloseimas.

Os tabuleiros das escolas foram cuidadosamente analisadas por diferentes laboratórios acreditados pelas autoridades francesas e belgas. O objectivo foi medir a presença de um determinado número de substâncias químicas, pesticidas, metais pesados e outros poluentes. O resultado comprovou a presença de 80 substâncias químicas recenseadas, onde cinco foram classificadas como cancerígenas, 42 são consideradas potencialmente prováveis e 37 susceptíveis de perturbar o sistema hormonal.

Para o pequeno-almoço, manteiga, chá e leite contêm apenas uma dezena de resíduos possivelmente cancerígenos, onde três são certos e vinte outros nocivos para o sistema hormonal. Já para o almoço, o estudo alerta para a presença de resíduos na carne picada, no atum de lata, pesticidas usadas nos legumes e substâncias químicas na pastilha elástica. A água da rede revelou conter nitrato de clorofórmio, entre outros.

Finalmente, para jantar, o bife e o salmão são mais ricos em resíduos químicos e neste caso, nem se consideraram os possíveis resíduos libertados por um prato de plástico aquecido no microondas.

Em quase a totalidade dos casos, os limites legais impostos pela Comissão da União Europeia e outras instâncias internacionais não foram ultrapassados – o que pode impor a necessidade de uma revisão, segundo acentuou a associação. O estudo assinalou ainda que os riscos deste cocktail de contaminantes são subestimados e conclui que pode estar na origem do aumento de doenças cancerígenas.

 

Fonte:www.cienciahoje.pt

publicado por Cátia Pontes às 11:41
link do post | comentar | favorito
|
.: Cátia Pontes
.: despensa

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

.: alimentarte aconselha
subscrever feeds