Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011
Alimento da semana - UVA

O segredo da uva é simples e poderoso. Os fitoquímicos presentes nesta fruta têm importantes propriedades antioxidantes, principalmente a quercetina, um dos principais componentes anti-envelhecimento.

A casca contém resveratrol, que comprovadamente beneficia o coração, reduzindo o risco de coágulos de sangue, reduzindo o colesterol LDL, ou “mau” colesterol, prevenindo danos nos vasos sanguíneos e ainda ajuda a manter uma pressão sanguínea saudável.

É indicada para crianças e adolescentes, cujas necessidades energéticas são elevadas. E ainda, para desportistas que têm uma actividade muscular importante. Apesar do seu teor em vitamina C ser baixo face ao dos outros frutos, a sua acção vitamínica beneficia o sistema nervoso e muscular. Além disso, como não contêm sódio, as uvas podem auxiliar na redução do risco de hipertensão.

Em minerais destacam-se o potássio e ferro. Por esta razão o sumo de uva é aconselhado no tratamento da anemia.

Pelos inúmeros fermentos que contém, a uva favorece a mudança da flora bacteriana do intestino, sendo indicada para perturbações grastrointestinais.

O elevado conteúdo em açúcares, principalmente frutose e glicose, é responsável pelo facto da uva ser um dos frutos com valor energético mais elevado (77Kcal/100g de alimento). Desta forma, o consumo de uva deve ser moderado em pessoas com diabetes e/ou excesso de peso. As passas têm mais açúcar e calorias do que o bago e são ricas em fibra, potássio, magnésio e ferro.
O consumo de uva pode ainda ser prejudicial a pessoas que padeçam de cálculos renais porque tem quantidades elevadas de ácido oxálico, que se pode ligar a minerais, como o cálcio, e agravar a formação dos cálculos.

 

Na hora de comprar: manipule os cachos com cuidado. Estes devem ser doces e firmes. Rejeite os cachos com uvas moles ou manchadas. O pedúnculo deve estar verde. Se o bago estiver mirrado é sinal de que a uva já não é completamente fresca.

 

Dicas de conservação:

À temperatura ambiente: num local fresco, até 2 dias;

No frigorífico: com filme plástico ou num recipiente fechado para não perder água, até 7 dias;

Não congelar.

 

Receita: Peixe com molho de uvas

 

Ingredientes para 2 pessoas:

  • 2 filetes de pescada
  • ½ colher de chá de sal
  • ½ colher de chá de pimenta branca
  • ½ xícara de chá de água
  • 2 cachos de uvas pretas
  • qb de azeite

Preparação:

Bata no liquidificador os cachos de uva, o sal e a pimenta. Coe o sumo e acrescente água, transfira o sumo para uma panela e deixe cozinhar em lume brando até que o molho comece a engrossar (cerca de 40-50 minutos).

Enquanto isso, asse em forno alto o peixe temperado com sal, pimenta e azeite.

Quando o peixe estiver pronto, disponha os filetes em pratos individuais e coloque o molho por cima.

publicado por Cátia Pontes às 16:53
link do post | comentar | favorito
Derivado do caril poderá ajudar a tratar a tendinite

Um derivado do caril indiano, a curcumina, poderá oferecer um novo tratamento para a tendinite, segundo demonstraram os investigadores da Universidade de Nottingham, Reino Unido, e da Universidade Ludwig Maximilians de Munique, Alemanha, cujos resultados foram publicados no “Journal of Biological Chemistry”.

 

A curcumina, um corante natural que faz parte de um componente activo do açafrão-da-Índia, poderá ser utilizado para suprimir os mecanismos biológicos que despertam a inflamação nas doenças relacionadas com os tendões, segundo referem os cientistas.

 

"Esta pesquisa não sugere que o caril seja a cura para as doenças inflamatórias, tal como a tendinite ou artrite, no entanto, pode levar os cientistas a um novo tratamento destas condições dolorosas através da nutrição", explicou, em comunicado de imprensa, um dos líderes da investigação, Ali Mobasheri.

 

Para o especialista, esta descoberta pode ser a base para "futuras investigações e terapias complementares para reduzir o uso de anti-inflamatórios não-esteroides, os únicos fármacos actualmente disponíveis para o tratamento da tendinite e das várias formas de artrite que provocam efeitos debilitantes”.

 

O estudo teve como principal objectivo observar os efeitos da curcumina nas propriedades inflamatórias e degenerativas induzidas pelas moléculas de sinalização, chamadas interleucinas. As interleucinas são um tipo de pequenas proteínas de sinalização celular chamadas citocinas que podem activar toda uma série de genes inflamatórios, activando um especialmente perigoso, denominado NF-kB.

 

Os resultados mostraram que a introdução de curcumina no sistema de cultivo inibia o NF-kB e evitava a conexão e a promoção do aumento da inflamação.

 

A curcumina tem sido usada desde há séculos na medicina tradicional indiana (aiurvédica) como um agente anti-inflamatório e um remédio para os sintomas associados com a síndrome do intestino irritável e outros distúrbios. Recentemente, os estudos têm vinculado a curcumina a usos potenciais no tratamento da artrite e numa série de doenças reumáticas, inclusive poderia até ser usada como um agente para matar células cancerosas ou torná-las mais sensíveis à morte quando se realizam tratamentos de quimioterapia e de radioterapia.

publicado por Cátia Pontes às 10:20
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011
Alimento da semana - BERINGELA

A beringela é um dos vegetais mais frequentes nas ementas vegetarianas. E não é por menos. Além de ser uma excelente f onte de vitaminas e minerais apresenta uma série de propriedades medicinais. Por possuir muita água, essencial para manter o corpo hidratado, e por ser pouco calórica,
cada 100 gramas do vegetal cru possui 16 Kcal, é uma excelente opção para quem quer controlar o seu peso.
Este legume apresenta pouca gordura saturada e colesterol. É composto por vitamina A, vitamina K e destaca-se o seu contributo para a nossa dose diária de ácido fólico (Vit. B9) e vitamina C. No que diz respeito aos minerais, a beringela é rica sobretudo em potássio, mas também possui quantidades consideráveis de cálcio, fósforo e magnésio. Esta combinação nutricional tem a capacidade de: diminuir o colesterol plasmático, produzir efeito hipoglicémico (recomendado a quem tem diabetes), combater a aterosclerose, produzir uma acção vasodilatadora e efeito diurético (ideal para
quem sofre de hipertensão).
As suas fibras, pectina e celulose estimulam o trânsito intestinal e auxiliam na formação do bolo fecal, sendo indicada em casos de prisão de ventre.  

Contém ainda fenóis, que agem como antioxidantes e são responsáveis pela cor característica da beringela. Estas substâncias possuem uma actividade anti-inflamatória, evitando que as plaquetas sanguíneas se aglomerem e inibem a acção de radicais livres no organismo, prevenindo processos carcinogénicos. Sendo assim, recomenda-se que este legume seja consumido com a casca e se for cozido em água, o volume da água de cozimento deve ser o menor possível, para minimizar a perda de nutrientes. Além disso, evite cozinhar por tempo prolongado em altas temperaturas para reduzir as perdas das vitaminas hidrossolúveis.

Escolha bem: prefira beringela de textura rija, com a pele brilhante, polida e sem manchas. Não compre beringelas verdes e procure as que ainda tiverem cálice e pedúnculo.

 

Dicas de conservação:

Até ser preparada, deve ser armazenada inteira e com casca, para que não haja perda de nutrientes e alterações sensoriais. No frigorífico pode ser conservada durante 5 dias.

 

Receita: Beringela recheada com marisco

Ingredientes para 1 pessoa:

  • 1/2 beringela
  • 1/2 tomate maduro
  • 2 fatias finas de cebola
  • 1 alho
  • 2 rolinhos de delícias do mar
  • 3 camarões pequenos (miolo de camarão)
  • queijo magro (ralado ou em pequenos pedaços)

Preparação:

Corte a beringela no sentido do comprimento e retire a polpa. Corte a polpa em pedaços muito pequenos juntamente com o tomate.
Leve a alourar sem nenhuma gordura, numa frigideira anti-aderente, o alho e a cebola bem picados. De seguida adicione o tomate, a polpa da beringela, as delícias do mar partidas em pedaços pequenos e os camarões.
Depois de tudo estar bem misturado (3 ou 4 minutos), coloque este recheio dentro da beringela. Ponha o queijo em cima e polvilhe com orégãos.
Leve ao forno a gratinar até o queijo derreter.
Sirva com massa ou arroz branco.

publicado por Cátia Pontes às 15:07
link do post | comentar | favorito
Petição defende pacotes de açucar de seis gramas

Limitar a 6 gramas o peso máximo do pacote de açúcar é a proposta de uma petição que foi ontem discutida na Comissão Parlamentar de Saúde. Actualmente, a lei não impõe limites e os pacotes de açúcar variam entre as 6 e 9 gramas.

Tendo em conta que cada português bebe, em média, dois cafés por dia, ao adicionar um pacote de açúcar em cada café irá estar a consumir entre 6 a 18 g de açucar apenas com a ingestão de café, nao contabilizando o açúcar que consome com as bolachas, bebidas, bolos, cereais, etc. Para além disso, este açúcar consumido desta forma representa as chamadas "calorias vazias" pois não oferecem nada ao organismo para além do açúcar - nem fibras, nem vitaminas nem outros nutrientes importantes para a saúde. A OMS recomenda a ingestão máxima de 50g de açúcar/dia enquanto a maioria dos portugueses consome 96g/dia. 

Concordo com esta petição e concordaria ainda mais se alterassem para açúcar louro e se a quantidade fosse de 4 g de açúcar por pacote! Já que o açúcar louro tem mais poder adoçante que o açúcar de cana e ainda mais vitaminas e minerais poderíamos diminuir um pouco mais esta quantidade... alguém concorda comigo?

publicado por Cátia Pontes às 10:37
link do post | comentar | favorito
.: Cátia Pontes
.: despensa

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

.: alimentarte aconselha
subscrever feeds