Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011
Leite é melhor que água para reidratar as crianças durante o desporto

 

Crianças que praticam desporto devem hidratar-se com leite, que é uma melhor maneira de combater a desidratação que as bebidas desportivas isotónicas ou água, de acordo com investigadores da Universidade McMaster, em Ontário, Canadá.

 

A hidratação "é especialmente importante durante os meses quentes de Verão", disse, em comunicado de imprensa, o líder da investigação, Brian Timmons, explicando que “as crianças ficam desidratadas durante o exercício, e é importante que bebam bastantes líquidos, especialmente antes de iniciarem o segundo tempo do jogo. O leite é melhor do que outras bebidas desportivas, incluindo a água, dado ser uma fonte de proteína, hidratos de carbono, cálcio e electrólitos".

 

O leite, segundo o cientista, substitui o sódio perdido no suor e ajuda o corpo a conservar os líquidos no corpo. Da mesma forma, fornece proteínas necessárias para o desenvolvimento dos músculos que não são encontradas noutras bebidas.

 

O estudo foi realizado com crianças, entre os oito e os dez anos, que realizaram exercício num espaço fechado. Antes de serem medidos os níveis de hidratação, receberam uma bebida.

 

No artigo, a equipa comentou que "normalmente, as crianças activas e os adultos não bebem água suficiente e necessária durante o exercício, ficando com "hidratação em desvantagem” quando começam a segunda parte do exercício."

 

O especialista conclui que "um por cento da desidratação pode levar a uma diminuição do desempenho até 15%, ao aumento da frequência cardíaca e da temperatura corporal, e a uma diminuição da capacidade para continuar a jogar. Uma desidratação major pode ser acompanhada por um risco aumentado de doenças relacionadas ao calor, tais como, insolação ou golpe de calor."

 

Fonte: www.alert.pt

publicado por Cátia Pontes às 10:06
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
Leite ajuda na perda de peso

Beber leite ajuda na perda de peso, sugere um estudo publicado no “Journal of the American College of Nutrition”.

 

Investigadores israelitas verificaram que os adultos que bebiam mais leite (cerca de dois copos por dia) apresentam maiores níveis de vitamina D após seis meses, perderam mais peso após dois anos (cerca de 5 quilos e meio), em comparação com os que consumiram pouco ou nenhum leite.

 

Os cientistas também verificaram que o consumo de cada 177 ml de leite ou de produtos lácteos (cerca de três a quartos copos de leite) foi associado à perda de 4,5 quilos acima da média, em apenas seis meses. No estudo participaram mais de 300 pessoas com excesso de peso ou em risco de aumentarem de peso, com idades entre os 40 e os 65, que participaram numa dieta de baixos níveis de gordura, do tipo Mediterrâneo ou de baixas calorias durante dois anos.

 

Independente da dieta, os investigadores verificaram que os participantes com o maior consumo de cálcio em seis meses (cerca de 580 mg por dia - o equivalente a dois copos de leite) perderam cerca de 5 quilos e meio no final dos dois anos, em comparação com os cerca de 3 quilos para os que tinham uma menor ingestão de cálcio (cerca de 150mg, ou seja, metade de um copo).

 

O leite sem gordura embalado contém nove nutrientes essenciais, incluindo o cálcio e a vitamina D. O estudo sugere que comer bem, manter-se activo e beber o recomendado a três copos de leite com pouca ou sem gordura por dia pode ajudar a manter um peso saudável.

publicado por Cátia Pontes às 10:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010
Consumo de leite e produtos lácteos auxiliam na perda de peso

"Um novo estudo sobre a perda de peso, conduzido por pesquisadores da Universidade Ben-Gurion (BGU), revela que pessoas que consomem leite e produtos lácteos perderam em média mais peso quando comparada àquelas que consumiam pouco ou nenhum leite.

Independentemente da dieta, os pesquisadores descobriram que os participantes com a maior ingestão de cálcio do leite, o equivalente a 335 ml de leite ou outros produtos lácteos (580 mg), perderam cerca de seis quilos ao final de dois anos. Em contrapartida, aqueles com o menor consumo de cálcio do leite, em média cerca de 150 mg de cálcio de origem láctea (ou cerca de metade de um copo) só perdeu 3,5 quilos em média.

Além do cálcio, os pesquisadores também mostraram que os níveis sanguíneos de vitamina D afetaram o sucesso da perda de peso. Os níveis de vitamina D aumentaram entre os que perderam mais peso. O estudo de intervenção dietética confirmou uma outra pesquisa em que os participantes com excesso de peso diminuíram os níveis sanguíneos de vitamina D.

Mais de 300 participantes obesos (entre mulheres e homens), com idades entre 40 e 65 anos, participaram do estudo de avaliação do baixo teor de gordura, do Mediterrâneo ou as dietas de baixo carboidrato durante dois anos. Doutor Danit Shahar, do Centro de Saúde e Nutrição e da Faculdade de Ciências da Saúde da BGU, conduziu o estudo.

Segundo o pesquisador, "sabe-se que pessoas acima do peso apresentam menores níveis plasmáticos de vitamina D, mas este é o primeiro estudo que mostra realmente que o soro da vitamina D aumentou entre as pessoas que perderam peso".

A vitamina D aumenta a absorção de cálcio no sangue e, além da exposição ao sol, ela pode ser obtida a partir do leite fortificado, peixe e ovos.

O estudo foi publicado na revista American Journal of Clinical Nutrition."

 

Fonte: www.isaude.net

tags:
publicado por Cátia Pontes às 15:49
link do post | comentar | favorito
.: Cátia Pontes
.: despensa

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

.: alimentarte aconselha
subscrever feeds